O que é o DSGVO (GDPR)?

O que é o DSGVO (GDPR)?

DSGVO é a abreviação de Datenschutz-Grundverordnung, ou GDPR em inglês (General Data Protection Regulation), ou seja, Lei Geral para Proteção de Dados.

O DSGVO foi instituído em 2018 como lei e regula como as empresas estão protegendo os dados pessoais dos cidadãos da União Européia (UE).

Alguns dos principais requisitos do DSGVO incluem:

  • – Exigir o consentimento dos titulares para o processamento de dados
  • – Anonimizar os dados coletados para proteger a privacidade
  • – Fornecer notificações de violação de dados
  • – Manipular com segurança a transferência de dados
  • – Exigir que certas empresas nomeiem um responsável para supervisionar a conformidade com o DSGVO

O objetivo do DSGVO é impor uma lei uniforme de segurança de dados a todos os membros da UE. É importante observar que qualquer empresa que comercialize bens ou serviços para residentes da UE, independentemente de sua localização, está sujeita à regulamentação.

A seguir estão algumas recomendações mais relevantes do DSGVO:

  • – Entenda o DSGVO – embora existam seções difíceis de decifrar e com linguagem jurídica, todas as pessoas afetadas pelo DSGVO devem tentar ler e entender essa legislação.
  • – Procure ajuda de outras organizações – empresas de todo o mundo são afetadas pelo DSGVO, não apenas as da União Européia. Se você ainda não entende as etapas necessárias para alcançar a conformidade, entre em contato com quem está em conformidade. Muitas empresas provavelmente irão te ajudar. Ou procure um advogado.
  • – Preste muita atenção ao seu site – cookies, opt-ins, armazenamento de dados, etc. podem ser facilmente configurados em um site, mas cabe a você garantir a conformidade com o DSGVO.
  • – Preste atenção aos seus dados – todos os dados em sua organização devem estar em conformidade com o DSGVO se você estiver presente (digitalmente ou fisicamente) na UE. Mapeie adequadamente como os dados entram, são armazenados e/ou transferidos e excluídos. Conheça todas as rotas que as informações pessoais podem seguir para evitar violações e garantir relatórios adequados em caso de perda de dados.

As empresas que não cumprirem com o DSGVO estão sujeitas a penalidades severas e multas. Então, é melhor garantir do que remediar, certo?

Ieda
Author: Ieda

Compartilhe:

Deixe um comentário